Propósito do Poetizando Memórias

   Contar histórias. Nada resume melhor o intuito desse site. Sempre tive uma paixão enorme por ouvir histórias, seja ela qual for: romântica, realista, triste, trágica ou motivadora. Toda história, tem em sua particularidade, uma beleza extraordinária de ser única. Além de única, vale ressaltar que todo relato pode render uma boa história, se contado pelas palavras certas, e com muita, mas muita empatia, já que, de nada adianta ouvir uma memória e não tentar ao menos, entender os sentimentos que a envolveram. E é isso que tentarei fazer aqui: poetizarei relatos de vida e sentimentos (na minha visão dramatica de ver o mundo). Todas as pessoas tem uma linda vida, uma linda história, sendo ela, doce ou amarga. Aliás, o trágico também é belo, mesmo que desastroso, e o simples não interessa a ninguém, ao menos não a mim.

Anúncios
Post Destacado

Tão próximos mas também tão distantes.

Matheus e Pedro. Dois nomes fictícios, mas que representam a realidade de muitas famílias guarapuavanas. Duas crianças de sete anos, que moram no mesmo bairro da cidade. O que os separa, não é apenas um cruzar de rua, mas um cruzar de vida, totalmente divergente. A diferença começa na diversão. Não há nada que Matheus... Continuar Lendo →

Juntando os caquinhos

Essa história é um pouco complicada. Mistura gratidão e muito sofrimento. Talvez um erro, talvez necessária. É difícil olhar de fora e não querer mudar algumas coisas para que o destino fosse diferente. Mas esta é a vida não é? Tem coisa que não controlamos, principalmente quando se trata de sentimento, mais ainda quando esse... Continuar Lendo →

Um a um

Vou tomando, um a um. Pra ansiedade, dois, pra pânico mais um, e mais outros três por motivos que já nem lembro. Só sei que a cada bom gole de agua, um comprimido faz a cerimonia de atravessar todo o longo caminho do meu sistema digestivo. Eu já nem sinto mais nada a não ser... Continuar Lendo →

Mais um dia de Outono

Era mais uma terça feira de outono, minha estação preferida. Parecia um dia comum, com os mesmo afazeres de sempre. Pensar em pautas, observar as pessoas e a cidade e prestar atenção na atualidade, tudo isso para fazer o que mais amo: escrever. Embora a rotina diária tenha feito com que isso acabasse sendo natural... Continuar Lendo →

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑